Os benefícios da Centelha Asiática

centelha-asiatica-prolife-shop
Avalie este artigo
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Centelha Asiática para que serve e os seus benefícios

A Centelha Asiática erva utilizada há milhares de anos na Ayurveda, a tradicional medicina indiana, a Centella Asiática tem despertado a atenção do Ocidente graças à sua atuação como vasodilatador e estimulante da produção de colágeno.

A Centella Asiática é uma verdadeira planta medicinal, com diversas propriedades como prevenir o envelhecimento, doenças e ajudar a emagrecer além de uma melhora geral na estética.

O nome já diz a origem da Centella Asiática, hoje ela é consumida no mundo inteiro e é usada na Ásia desde alguns milênios atrás.

Propriedades da Centella Asiática:

A Centella Asiática é rica em saponinas (também chamadas de triterpenóides), glicosídeos que conferem à planta grande parte de seus benefícios.

Tradicionalmente, a centella asiática tem sido utilizada para fortalecer o sistema circulatório, tratar problemas de pele (como feridas e a psoríase), melhorar as funções cerebrais, combater a queda de cabelo e reduzir a ansiedade e o stress.

Nos últimos anos, no entanto, a centella asiática tem sido utilizada na indústria cosmética para tratar a celulite e combater os efeitos do envelhecimento.

Centella Asiática para Celulite:

Certamente um dos principais benefícios da centella asiática é sua atuação no combate à celulite e ao envelhecimento da pele.

E o que exatamente é celulite e por que ela se forma?

Embora a celulite seja multifatorial, isto é, não existe uma única causa para o surgimento da condição, podemos dizer que ela se forma quando pequenos vasos sanguíneos (conhecidos como capilares) se tornam frágeis e permitem que o líquido em seu interior extravase.

Quando isso ocorre, há um aumento da pressão dentro dos tecidos, o que acaba por dificultar a drenagem linfática do excesso de líquido. À medida que esse excesso de fluido se acumula, células de gordura começam a se agrupar e passam a dificultar o retorno venoso, ou seja, a volta do sangue para o coração.

Como resultado, há uma diminuição na síntese de colágeno, e também uma menor capacidade de reparo ao tecido lesionado, já que o fluxo de nutrientes para a região está comprometido. Com o tempo, esses acúmulos de colágeno acabam por formar uma espécie de trama fibrosa, que se deposita ao redor dos nódulos de gordura sob a pele.

À medida que essa trama é tracionada, o processo se reinicia e mais líquido extravasa, perpetuando o círculo vicioso da celulite.

Como funciona a Centella Asiática para celulite:

A centella asiática ajuda a interromper este ciclo vicioso melhorando o fluxo sanguíneo, o que acaba por aumentar a oferta de nutrientes necessários para a regeneração das microinflamações – que são as celulites.

Pesquisas indicam também que a centella asiática não só estimula a síntese de colágeno como ainda impede a reabsorção da proteína, propriedades que garantem uma pele mais firme, reduzem as inflamações e fortalecem os vasos sanguíneos.

Esses benefícios da centella asiática ajudam a diminuir o vazamento de fluidos dos capilares sanguíneos, melhorando o aspecto das áreas afetadas pela celulite e prevenindo a formação de novas inflamações.

A centella asiática também parece atuar na dissolução dos nódulos de gordura da celulite, ao mesmo tempo em que reduz o tecido fibroso (a trama de colágeno) aprisionado entre as células adiposas.

Em um estudo recente, voluntários receberam via oral 60mg de centella asiática durante 90 dias. De acordo com os autores da pesquisa, os participantes não só observaram uma melhora da celulite como também apresentaram uma redução das medidas, sobretudo ao redor dos glúteos e das coxas.

Os grandes responsáveis por esse efeito da centella asiática foram os triterpenóides, que melhoraram a drenagem linfática, provocando uma redução do tamanho das células de gordura, que literalmente encolheram.

celulite-prolife-shop

 

Portanto, de maneira resumida, podemos dizer que a centella asiática ajuda a diminuir a celulite porque nutre o tecido inflamado, estimula a produção de colágeno, favorece a eliminação das células de gordura e diminui a retenção de líquido entre a epiderme e a derme.

Benefícios da centella asiática:

A centella asiática não serve só para tratar a celulite. Confira outros benefícios da planta de origem asiática:

Ajuda na perda de peso

Se já ouviu falar que a centella asiática emagrece, saiba que a afirmação procede. A planta pode auxiliar no controle de peso porque:

  • Reduz o depósito de gordura nos adipócitos (células de gordura);
  • Diminui a ansiedade e ajuda a controlar o apetite;
  • Tem ação diurética: estimula a eliminação do excesso de líquido retido nos tecidos, favorecendo um melhor funcionamento dos rins;
  • Combate as inflamações: além de combater as microinflamações nos locais afetados pela celulite, a centella asiática também auxilia na desinflamação do organismo como um todo. Estudos indicam que as inflamações podem causar uma resistência à insulina e à leptina, o hormônio que controla o apetite e o metabolismo;
  • Desintoxica: a centella asiática facilita a eliminação de toxinas pelo fígado – inclusive metais pesados.
Diminui a ansiedade

Um estudo publicado no Journal of Ethnopharmacology afirma que a Centella Asiática pode ajudar a combater os sintomas do stress e ansiedade. De acordo com os responsáveis pela pesquisa desenvolvida com animais, a planta foi capaz de reduzir o peso corporal e diminuir os níveis de hormonas ligados ao stress, como o cortisol.

Esse resultado pode ser explicado pelo fato da centella asiática se ligar aos receptores de colecistoquinina, um tipo de hormona que atua diretamente na regulação da ansiedade, memória e até mesmo do apetite.

Para aqueles que costumam exagerar na comida quando estão ansiosos ou mais stressados, a centella asiática pode ser uma boa opção para aumentar o controle à mesa.

Melhora a pele

A diminuição da produção natural de colágeno com o passar dos anos é a principal causa das rugas, de maneira que o uso de centella asiática para aumentar a produção de colágeno faz muito sentido do ponto de vista estético.

Além disso, a centella asiática reduz o inchaço e combate os radicais livres, dois inimigos da pele firme e saudável.

Controla a pressão

Quando utilizada via oral, a centella asiática fortalece a parede dos vasos sanguíneos, favorecendo o aumento do fluxo sanguíneo e consequentemente reduzindo a pressão arterial.

Tem ação cicatrizante 

Os triterpenóides e oxidantes da centella asiática estimulam o fluxo sanguíneo e a síntese de colágeno ao redor do ferimento, acelerando a cicatrização e evitando a formação de marcas e cicatrizes mais profundas como os queloides.

O creme de centella asiática também tem sido utilizado para evitar as estrias decorrentes do ganho de peso e da gravidez.

Evita a insônia

Estudos desenvolvidos em animais demonstraram que mais um dos benefícios da centella asiática é o potencial sedativo, efeito que se deve à presença de compostos conhecidos como brahmosídeos e brahmninosídeos.

Estimula as funções neurais

A centella asiática tem sido utilizada há muito tempo na medicina Ayurveda como um potente estimulante cerebral, pois revitaliza os neurônios e combate os efeitos nocivos dos radicais livres.

O uso da erva está associado a uma melhora na memória e na concentração, e pesquisas preliminares sugerem ainda que centella asiática possa colaborar para a prevenção do Alzheimer.

Outros benefícios da centella asiática incluem a cicatrização de úlceras estomacais, melhora nos quadros de fadiga, depressão, reumatismo, epilepsia e complicações circulatórias em geral.

Dosagem: 

A dose de centella asiática para obter todos os benefícios da planta é de 180-500 mg, concentração que deve ser dividida em duas ou três vezes ao dia. Ainda que não existam até o momento estudos sobre a toxicidade da planta, recomenda-se não ultrapassar a dosagem 600 mg de extrato de centella asiática em um único dia..

Efeitos Colaterais e contra indicações: 

A centella asiática parece ser segura quando consumida em doses adequadas. Já o consumo excessivo da planta pode causar sonolência, sedação, hipotensão (pressão baixa), dor de cabeça e irritação da pele.

Pessoas que sofrem com mau funcionamento do fígado também devem evitar o uso da centella asiática para celulite ou qualquer outro fim, uma vez que a planta pode ser tóxica para o órgão quando em alta concentração na corrente sanguínea.

Gestantes (a planta tem potencial abortivo quando utilizada por via oral), diabéticos (a centella asiática pode elevar as taxas de glicose no sangue) e pessoas com gastrite e colesterol alto também devem evitar o uso da centella asiática.

Colabore com a Centella:

Os benefícios da centella asiática para celulite, perda de peso e melhora da circulação já estão mais do que comprovados, mas eles só terão efeito caso sejam combinados com um estilo de vida saudável e ativo que deve ser combinada com:

  • Uma dieta com muitas verduras e frutas, que fornecem antioxidantes para nutrir a pele e combater as inflamações;
  • Exercícios físicos para fortalecer a musculatura, estimular a drenagem linfática e facilitar a eliminação dos depósitos de gordura;
  • Bons hábitos de vida: sem cigarro, bebida alcóolica, açúcar, refrigerantes, frituras e farinha branca em excesso.

Vale lembrar também que o efeito sanfona é altamente prejudicial à pele, que começa a perder sua firmeza pós sucessivos “estica- encolhe” típicos do ganho/perda de peso rápidos.

Centella Asiática e Análises Científicas:

Esta planta tem mais de 70 ingredientes, a incluir flavonóides flavonas, lipídios, esteróis e poliacetilenos. O estudo pioneiro fez revelação de encontrar flavonóides alcalóides, aminoácidos, esteróis, ácidos gordos, sais inorgânicos e sacarídeos.

Assim, há possibilidade de determinar a centella asiática planta de ação antioxidante, antiúlcera, ansiolítica, antiinflamatória. De modo histórico, a planta tem sido usada para complicações crônicas da pele, a incluir lepra e psoríase, sífilis, hepatite, abcessos, reumatismo, úlcera gástrica, diarréia, febre, asma e fadiga mental.

Porém, pesquisas modernas apontam que a planta pode auxiliar nas situações dos distúrbios de vasos sanguíneos, sendo exemplo varizes, e nas situações da fadiga mental, diminuir ansiedade e insônia. Determinados especialistas consideram que pode agir em prevenir Alzheimer.

 

Autor: Prolife-Shop 

 

Partilhe!

Adicione o seu comentário

Suporte

A nossa equipa está on-line para o ajudar! Fale connosco.

Qualidade

Os nossos produtos são elaborados por Laboratórios Certificados da UE.

Entregas grátis

Entregas grátis para encomendas de valor superior a 30€